01/11/2017

Look do dia: saia nude e colete jeans




Tenho sido uma blogueira um tanto relapsa nesse blog, mas, no sábado passado, fui pro meu segundo Hashtag Bazar e as comprinhas foram tão boas que eu já comecei a montar vários looks. Comentei no Instagram, inclusive, sobre a importância de feiras e eventos plus size como o Hashtag, que fazem a gente se sentir acolhida de uma forma que a gente raramente se sente em outros lugares. 

Pra quem é gorda, já é uma rotina entrar num shopping e saber que, se tem roupa pra você em 1 ou 2 lojas, já é muito. Às vezes, a gente tem que atravessar 2 ou 3 shoppings pra achar uma roupa que caiba (no corpo e no bolso). É simbólico: o que o mundo diz o tempo todo (tanto com a falta de roupa quanto outras tantas faltas de acessibilidade) é que você não deveria existir. Nada foi pensado pra você. Nada foi pensado levando em conta a sua existência. Com sorte, você ganha uma arara lá no fundo da loja apelidada de "tamanhos especiais" pra deixar bem claro que você não está dentro da grade normal.

Enfim, no meio dessa rotina, chegar em uma feira onde você pode simplesmente olhar roupas e gostar delas sem se preocupar se elas vão entrar no seu corpo é significativo. Não só pela possibilidade de compra, mas pela sensação de ter a sua existência reconhecida. A gente sai se sentindo visível.

Ter ido ao Hashtag Bazar - e ter, de quebra, ainda conhecido um monte de gente linda que eu só conhecia pela internet - foi de fato terapêutico. Saí de lá com 6 peças: 2 saias, 1 blusa e 3 sutiãs.  

E algumas peças eu já aproveitei pra montar esse look ousado que me tira bastante da zona de conforto:








Look:

Saia nude: Na Beca
Sutiã tomara que caia: Gordinha dos sonhos
Oxford: Leader
(Colete jeans customizado a partir de uma camisa herdada do meu pai)



Esse look, pra mim, foi um passo pra fora da zona de conforto. Além do sutiã feito de cropped, teve bracinho de fora, perninha de fora e um tomara que caia que - em 27 anos de vida - eu nunca consegui (com os meus peitos tamanho 52) usar. Mas é isso, verão tá chegando e eu torço pra que, junto, chegue a nossa coragem cada vez mais forte pra usar tudo que o mundo disse que a gente não poderia usar.











Nenhum comentário:

Postar um comentário